Condicionadores de Água: O Guia Completo

garrafa de condicionador de água segurada em frente à um aquário de água doce

Qualquer pessoa que já cuidou de um peixe, seja em um pequeno aquário Beta ou em um grande aquário marinho, sabe que é necessário uma série de cuidados para manter um ecossistema que permite abrigar vida.

Quando o aquarista faz uma TPA (troca parcial de água) usando água da torneira, o cloro e os metais tóxicos que acompanham a água podem afetar seus peixes.

Ao contrário do que muita gente pensa, a água da torneira possui metais tóxicos mas em concentrações consideradas seguras para o consumo humano. Essa concentração de metais tóxicos pode variar dependendo da região em que você mora.

No passado, o aquarista esvaziava o aquário quando fazia manutenção para lavar o interior e montar novamente, e toda vez que essa manutenção era realizada, ele utilizava um anti cloro ao encher novamente o aquário.

Com a evolução da indústria de aquarismo, o anti cloro também evoluiu, se tornando mais eficiente e com mais variedades. Hoje o chamamos de condicionador de água, uma vez que sua função foi ampliada para além de somente retirar o cloro da água.

Neste post, vou abordar as questões sobre os condicionadores de água para aquário e mostrar quais escolher e como usá-los com segurança.

Quais os Tipos de Condicionadores de Água?

garrafa de condicionador de água sendo vista através de uma lupa

Para que serve o condicionador de água para aquário?

Quando as pessoas falam de condicionadores de água, elas normalmente estão falando de uma solução que você coloca na água da torneira para torná-la segura para seu peixe, mudando a sua condição para ser colocada no aquário sem prejudicar os peixes.

No mercado de aquarismo existem diferentes condicionadores com funções específicas. Vamos conhecer mais sobre esses condicionadores:

1. Clarificantes

As vezes a água do aquário fica turva, e isso acontece normalmente por algum erro na manutenção, fazendo com que tenha um aumento de algas verdes. Outro fator que pode ocorrer é por falta de manutenção dos filtros.

Para casos como esses, o ideal é usar um aglutinador de partículas, o clarificante. Quando a água fica turva, significa que ela está com muitas partículas em suspensão, dificultando a coleta dessas partículas pelo filtro mecânico.

Devemos ter cuidado ao utilizar esse tipo de produto já que alguns desses produtos podem conter agentes químicos podendo ser prejudiciais a algumas espécies de peixes como os Rodóstomus, Discos e Neon.

Ao utilizar o clarificante, as partículas suspensas acabam se unindo e ficando maiores, facilitando a coleta pelo filtro mecânico. Vale lembrar que é muito importante fazer a manutenção dos filtros após o uso de clarificantes para garantir a remoção adequada dessas partículas do aquário.

2. Aclimatadores

Cada espécie de peixe tem uma característica específica, tanto quimicamente quanto fisicamente, o que implica em uma adaptação única para eles de acordo com essas características.

Alguns peixes como os Ciclídeos, são encontrados em lagos africanos onde a água possui o pH e a dureza mais elevada. Por outro lado, peixes amazônicos como o Discos e o Rodostomus, habitam em águas mais escuras com pH e dureza mais baixas.

A função dos aclimatadores é deixar a água do seu aquário o mais próximo possível dos diversos ambientes e habitats desses seres aquáticos. Logicamente não é apenas um único produto que servirá para aclimatar e simular todos esses ambientes.

Existem produtos com fórmulas específicas para cada um dos ambientes. Portanto o produto e a fórmula que simula as condições de um lago africano não é a mesma para simular as condições do Rio Negro.

Normalmente utiliza-se aclimatadores quando peixes novos são inseridos no aquário, ajudando os peixes a se aclimatarem e se adaptarem mais rapidamente. Aclimatadores também são usados para reprodução de peixes, já que a chance de se reproduzirem aumenta de forma significativa pois o produto ajuda a estimular a reprodução.

3. Condicionadores Completos

Normalmente, quando as pessoas comentam sobre usar condicionadores de água, elas estão se referindo a esse tipo de condicionador.

Como o nome sugere, esse tipo de condicionador de água faz tudo:

  • Elimina o cloro
  • Neutraliza amônia
  • Neutraliza metais pesados
  • Elimina o cobre
  • Regula o pH
  • E mais…

O número de benefícios depende e varia inteiramente de acordo com a marca do condicionador. Cada aquarista tem sua marca preferida de acordo com suas experiências e necessidades.

4. Osmose Reversa

Tecnicamente, isso não é um condicionador de água, mas sim um remineralizador. Mas muitas pessoas se referem a ele como um condicionador de água, então decidi incluí-lo nessa lista.

Muitos sistemas de osmose reversa (RO) removem cloro, cloramina e outros resíduos encontrados na água da torneira, e por esse motivo, você não precisará usar um condicionador de água quando usar água de RO.

Mas é importante se atentar que a água de RO também remove as coisas boas, como cálcio, potássio, sódio e magnésio, elementos essenciais para um aquário saudável.

Devo Usar Condicionadores de Água?

homem com expressão de dúvida segurando uma garrafa de condicionador de água

Como informado antes, a água da torneira possui metais tóxicos que a acompanham. Os sintomas de intoxicação por metais tóxicos nos peixes nem sempre são visíveis a curto prazo, mas pode ser percebido em questão de semanas.

Os sintomas que mais ocorrem são o não crescimento do peixe, mudança de coloração, a não diferenciação sexual ou atrofiamento do aparelho reprodutivo, entre outros.

Muitos aquaristas alegam que fazem o TPA do aquário com água da torneira sem usar condicionador de água e nunca tiveram problemas, mas pode ser que a região dessas pessoas tenham níveis baixos de componentes tóxicos em suas águas e consequentemente não afetou os peixes.

Outro motivo pode ser que essas pessoas possuem aquários plantados e os ácidos húmicos nesse tipo de aquário diminuam a sua toxicidade.

Não usar condicionador de água é fazer economia barata, e o barato pode sair caro.

Como Usar o Condicionador de Água para Aquário?

Insira o condicionador na água antes de colocá-la no aquário, senão você só estará apenas despejando produtos químicos tóxicos no aquário.

Deixe a água “descansando” em um recipiente de vidro ou plástico por cerca de 24 horas. É importante realizar esse procedimento mesmo utilizando o condicionador de água, pois quando adicionamos a água no aquário, é possível notar pequenas bolhas de ar.

Quando não fazemos essa etapa, essas bolhas de ar podem fazer com que os peixes contraiam a síndrome das bolhas de gás (gas bubble disease) em sua corrente sanguínea. Se isso ocorrer, o peixe não conseguirá se alimentar corretamente podendo ter dificuldades até para mergulhar, gerando stress e trazendo grande sofrimento.

Com que Frequência Devo Usar os Condicionadores de Água?

Você deve usar os condicionadores de água sempre que você fizer a TPA (troca parcial de água) ou quando for repor/completar o aquário com mais água.

Pessoas que estão realizando a ciclagem de um novo aquário, precisam adicionar condicionadores de água todos os dias até o processo de ciclagem terminar.

Conclusão

Não usar condicionador de água pode ser um tiro no pé dependendo do tipo de aquário e fauna que você tem. Quando usado corretamente, o condicionador de água é um aliado para se ter um aquário de sucesso.

Você pode usar esse guia de condicionadores de água como referência, para entender os tipos e como e quando usar cada um deles.

Você utiliza algum condicionador de água? Deixe um comentário e compartilhe sua experiência com o uso desses produtos.

Aquaristz – Aquarismo de A a Z

0 Comentários

Escreva seu comentário

©2019 Aquaristz

Fale com a gente

Tem alguma dúvida, sugestão, elogio ou reclamação? Envie-nos um e-mail e responderemos assim que possível.

Sending

Log in with your credentials

or    

Forgot your details?

Create Account