Peixe Oscar: O Guia Completo do Apaiari

peixe oscar

O peixe Apaiari, conhecido popularmente como peixe Oscar (Astronotus ocellatus), é famoso por ser um peixe agressivo apesar de nadar de forma elegante, mas as aparências enganam.

Os aquaristas que gostam de criar o peixe Oscar são inicialmente atraídos pelas suas cores e aparência, mas rapidamente se rendem à inteligência e ao comportamento desse maravilhoso peixe.

Os peixes Oscar são criaturas temperamentais e normalmente são criados por aquaristas mais experientes.

Como onívoros, são fáceis de alimentar, mas pode ser difícil encontrar peixes que consigam manter uma boa convivência com eles.

Neste post, vou mostrar como cuidar dos peixes Oscar, além de mostrar os aquários ideias, peixes compatíveis e reprodução.

Conhecendo Melhor o Peixe Oscar

O peixe Oscar (Astronotus ocellatus) é uma espécie de ciclídeo, ou seja, ele pertence à família Cichlidae, mais precisamente da subfamília Astronotinae. A maioria dos ciclídeos são encontrados na África ou na América do Sul.

Nativos do Brasil, Equador, Colômbia, Guiana Francesa e Peru, o peixe Oscar pode ser encontrado ao longo do rio Amazonas e seus arredores, que é um dos ambientes com maior biodiversidade do mundo.

Publicidade

Populações selvagens também foram encontradas na China e na América do Norte, embora só tenham se espalhado para essas áreas por meio do aquarismo.

Os peixes Oscar são muito populares para aquários domésticos, mas não devem ser comprados sem pensar, já que são famosos por seu comportamento territorial e agressivo, o que pode torná-los difíceis de cuidar.

Comportamento

O peixe Oscar é territorial, então inserir esse tipo de peixe no seu aquário pode ser arriscado.

Eles não têm medo de atacar outros peixes e o farão se um peixe invadir seu território. Em tempos de acasalamento e os momentos de alimentação também podem aumentar sua agressividade.

Na maior parte do tempo, o peixe Oscar estará nadando nos níveis intermediários do aquário, embora eles frequentemente nadam para o substrato em busca de comida.

Você pode vê-los arrancando decorações e plantas durante esta busca, então tudo no aquário deve ser protegido.

A boa notícia é que se o aquário estiver preparado de forma correta e se você escolher os companheiros de aquário certos, a agressividade deles pode ser amenizada.

Tipos de Peixe Oscar

Em geral, os peixes Oscar crescem muito, atingindo até 30 centímetros. Eles atingem esse tamanho muito rapidamente em sua vida, crescendo em média 2 cm por mês até crescerem por completo.

Eles possuem um corpo comprido e oval. As barbatanas dorsal e anal estendem-se ao longo do corpo até à barbatana caudal, que forma um leque na parte posterior.

Você achará difícil sexar essa espécie, pois ela é monomórfica, o que significa que ambos os sexos têm a mesma aparência. É preciso examinar de perto os órgãos genitais para diferenciá-los.

Classicamente, esses ciclídeos são cobertos por uma variedade de manchas pretas e laranja irregulares (Oscar tigre), mas as cores podem mudar com o tempo. Muitas variedades foram criadas por meio de reprodução seletiva.

Os peixes Oscar red e lemon têm corpos quase completamente vermelhos ou amarelos, respectivamente. Suas nadadeiras tendem a ser pretas ou brancas.

Os albinos são outra escolha popular. Você pode obter variedades albinas para muitas espécies, as pessoas são atraídas pelo branco ousado que cobre todo o corpo.

Inicialmente, os peixes Oscar estão disponíveis em três cores, mas devido ao cruzamento, várias cores, tons, manchas e padrões agora são encontrados neles, e por isso temos vários tipos de peixe oscar.

Com base na cor e nos padrões, essas são algumas variantes mais populares de peixe Oscar:

Peixe Oscar Tigre

peixe oscar tigre

Peixe Oscar Bronze

peixe oscar bronze

Peixe Oscar Albino

peixe oscar albino

Aquário

Os peixes evoluíram para viver em suas regiões naturais, então você precisa preparar seu aquário para reproduzir essas condições naturais.

As águas doces da América do Sul são quentes com um pH neutro, então os peixes Oscar não podem lidar com extremos de acidez ou alcalinidade.

O fluxo de água tende a ser forte, pois a maioria das populações é encontrada em rios como o Amazonas. Embora a luz do sol seja forte, a água não é cristalina, então parte da intensidade é perdida conforme a luz penetra na água.

No fundo do rio existe um substrato macio com pedras, detritos e vegetação espalhados por cima.

É relativamente fácil recriar essas condições em seu aquário.

Como Montar um Aquário para o Peixe Oscar?

Muitos aquaristas possuem dúvidas em como criar um Oscar, mas antes de tudo é importante entender como montar um aquário para esse tipo de peixe.

O tamanho ideal de um aquário para um peixe Oscar é um aquário de 200 litros para um exemplar. Um aquário menor lhe causará estresse que os deixará doentes ou mais agressivos.

Publicidade

No fundo do aquário deve haver uma camada de substrato macio. Os substratos mais macios são de granulação fina, então areia seria o ideal.

Uma aparência mais natural seria colocar pedras e troncos ao redor do aquário, mas você pode escolher qualquer decoração.

Faça algumas cavernas para cada peixe, de modo que eles tenham um lugar para se esconder em seu território.

Lembre-se também de fixar firmemente as decorações no lugar pois esta espécie vai cavar ao redor de objetos ao procurar por alimentos podendo deslocar essas decorações.

É improvável que as plantas naturais sejam comidas, mas ainda não são seguras. Assim como as decorações, as plantas podem ser arrancadas enquanto eles cavam no substrato.

Se optar em colocar plantas naturais, use plantas resistentes para que possam sobreviver ao trauma. As plantas flutuantes devem ser protegidas de danos, uma boa opção é o Rabo de raposa (Ceratophyllum demersum).

Apesar de tolerar bem temperaturas entre 24 e 33 graus, o uso de termostato se faz necessário já que temperaturas mais baixas podem reduzir seu metabolismo e facilitar o surgimento de doenças.

O peixe Oscar produz uma grande quantidade de sujeira, seja pelos restos de comida ou seja pelas fezes, portanto é importante ter uma boa filtragem.

Embora os peixes Oscar gostem de correntes fortes na natureza, a saída do filtro deve criar uma corrente forte o suficiente.

Apesar de não ser comum, os peixes Oscar também pulam pra fora do aquário e morrem por causa disso, portanto mantenha o aquário tampado.

Quantos Oscars Posso Ter Num Aquário?

Seu tamanho e necessidade por território significam que cada peixe precisa de muito espaço. Inicie com um aquário de 200 litros para o primeiro Oscar e acrescente na conta do aquário 75-110 litros a mais para cada Oscar adicional.

Oscars e Aquários Comunitários

Esta espécie não é a melhor em fazer amigos. Na América do Sul, eles vivem em algumas das áreas mais diversas do mundo, por isso estão acostumados com muitos outros peixes.

No entanto, isso não acontece em um aquário porque há muito menos espaço, então as tensões aumentam. Um aquário exclusivamente para um Oscar é provavelmente a melhor opção se você quiser criar esses ciclídeos.

Se você está procurando transformar seu aquário em um aquário comunitário, você precisará escolher alguns peixes grandes e passivos que ficarão fora do caminho do Oscar e ao mesmo tempo em que serão capazes de se defender.

Normalmente quando criado sozinho eles se tornam muito territoriais, assim como se mantidos em aquários com menos de 400 litros.

O ideal é adquirir o peixe Oscar ainda pequeno para evitar problemas assim. Ele deve ser criado junto a outros peixes, assim se acostuma com a companhia.

Mantendo Peixes Oscar Juntos

Os Oscars podem ser mantidos juntos, e essa geralmente é a opção mais segura desde que as medidas de litragem sejam respeitadas, caso contrário a necessidade de território pode fazer com que ataquem companheiros de aquário.

Certifique-se de que eles tenham muito espaço, pois isso reduz as disputas de território.

Um casal já formado de Oscars também pode ser uma opção, caso contrário eles irão brigar se não tiver espaço suficiente no aquário.

O ideal é ter apenas um peixe Oscar (se for um aquário relativamente pequeno) ou um grupo (para um aquário grande suficiente), assim se formará uma hierarquia no cardume e haverá uma paz relativa.

Mas manter um grupo pode criar um problema a médio prazo caso casais que se formam começem a brigar por territórios.

Se o aquário não for grande o suficiente, será preciso separar aqueles que estiverem apanhando muito para evitar mortes.

Os peixes Oscar se reproduzem em cativeiro com uma certa facilidade. Quando eles formam casal, eles ficarão juntos por toda a vida.

O problema é que quando isso acontece em aquários comunitários, a agressividade desses peixes tendem a aumentar e com o risco enorme dos pais comerem a prole devido ao estresse causado pela simples presença dos demais peixes no aquário.

Nessas situações, o ideal é separar esse casal em um aquário apenas para eles, caso se queira reproduzir mesmo.

Alimentação

Embora possa ser difícil encontrar peixes que compartilham o mesmo aquário com o peixe Oscar, fornecer uma dieta saudável não é. Eles são onívoros e comem praticamente qualquer coisa que você lhes der.

Na natureza, eles comem pequenos peixes, larvas e pequenos pedaços de restos de plantas. Pequenos insetos e crustáceos constituem a maior parte de sua dieta.

Em um aquário, a opção mais fácil é usar ração, alimentos em flocos / pellets comprados na loja. Essas rações foram criadas para conter toda a nutrição de que seus peixes precisam, especialmente a vitamina c, os mantendo sempre saudável.

O peixe Oscar também aceita muito bem filé de peixes diversos, camarão, coração de boi, frango, patês e peixes vivos.

É importante variar a alimentação dos Oscars pois eles se acostumam a um tipo use sado muito frequentemente e podem não aceitar mais outro tipo de alimento, podendo ser um problema no futuro.

Alimente-os algumas vezes ao dia, em quantidades que eles possam terminar completamente em alguns minutos. Cuidado com a agressividade, pois esses ciclídeos ficam agitados ao se alimentarem.

Doenças

Os peixes Oscar são muito resistentes e raramente adoecem. Se mantidos em boas condições, com temperatura controlada e bem alimentados, dificilmente irão adoecer.

Apesar de serem resistentes, vale lembrar que eles são particularmente sensíveis à doença do buraco na cabeça.

Feridas ocasionadas por brigas, como pH muito baixo, são os problemas mais comuns causados por origem externa. Apesar de tolerar uma faixa de pH que vai do 5 até 7,8, preferem algo em torno de 6,8.

Tumores e distúrbios de bexiga natatória também podem aparecer, mas são casos raros. Se bem cuidados, alguns Oscars podem passar de 20 anos de vida em aquário.

Conclusão

O peixe Apaiari realmente é encantador, mas raramente um aquarista adiciona um peixe Oscar num aquário já existente, uma vez que eles precisam de uma configuração e preparo cuidadosamente planejada.

Este ciclídeo é geralmente uma peça central que o aquarista planeja ao redor do resto do aquário.

Quando for comprar seu peixe Oscar, escolha peixes com aspecto saudável, que nadem com as nadadeiras bem abertas e tenham a cor sólida.

Analise bem todos os peixes no aquário, e aqueles que estiverem sem marcas de machucado provavelmente serão os mais agressivos.

Apesar de alguns desafios para o aquarista, o peixe Oscar é um dos mais carismáticos e queridos peixes do mundo.

Você tem um aquário com peixes Oscars vivendo com outras espécies? Se sim, quais são? Deixe seu comentário e compartilhe conosco sua experiência com esse maravilhoso peixe.

Aquaristz – Aquarismo de A a Z

1 Comentário
  1. Thiago Teixeira 4 meses atrás

    Artigo bem informativo e completo. Parabéns!

Escreva seu comentário

©2021 Aquaristz

Fale com a gente

Tem alguma dúvida, sugestão, elogio ou reclamação? Envie-nos um e-mail e responderemos assim que possível.

Enviando

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Crie uma Conta