Peixe-lua: O Maior Peixe Ósseo do Mundo

peixe-lua (Mola mola), conhecido também como Sunfish

Pertencente à ordem Tetraodontiformes, o peixe-lua (Mola mola) é o mais pesado e o maior peixe ósseo do mundo. O nome em inglês é Sunfish, pois o peixe tem o costume de “tomar banho de sol” próximo à superfície. Os alemães o chamam de Schwimmender Kopf, que tem o significado de “cabeça nadadora”.

Vamos conhecer mais sobre esse incrível e gigante peixe-lua.

Onde Vive o peixe-lua?

O peixe-lua habita as zonas quentes e temperadas dos Oceanos Pacífico e Atlântico, especificamente na zona epipelágica, uma região a 200m no oceano onde a luz do sol ilumina o mundo.

No entanto, o peixe-lua pode facilmente mergulhar a profundidades de mais de 600m, em uma região conhecida como zona mesopelágica ou zona de crepúsculo. Nesta região, as águas se tornam muito mais escuras, com aumento da pressão e redução de temperaturas que baixam a ponto de quase congelar.

Qual a Alimentação do Peixe-lua?

Todo peixe-lua é um predador ativo, chegando a nadar quilômetros para encontrar suas presas. Até recentemente, acreditava-se que o peixe-lua alimentava-se de zooplancton e que caçava apenas a água-viva, mas pesquisas recentes mostraram que sua presa é muito mais diversificada.

As pesquisas indicaram que eles caçam também os chamados hidrozoários marinhos (animais predadores que possuem parentesco com as águas-vivas). O peixe-lua se alimenta dos sifonóforos, um tipo de hidrozoário encontrado em águas profundas e geladas entre 50 e 200m.

caravela-portuguesa sob água

Caravela-portuguesa (um tipo de sifonóforo) – Foto: Brendon Cole Marine Photography

Após executar sua caçada, eles aquecem o seu corpo nadando até a superfície para se aproximar do sol. Esta é a primeira evidência de que o peixe-lua se alimenta desses animais em uma área tão profunda do oceano.

Itsumi Nakamura, da Universidade de Tóquio, Japão, liderou uma equipe que analisou vários peixes na costa do país. Câmeras com luzes e termômetros foram acopladas aos animais para medir as mudanças em suas temperaturas corporais e para saber exatamente o que eles caçam.

pesquisadores acoplando equipamentos no peixe-lua (Mola mola)

Câmeras e termômetros foram acoplados em vários peixes-lua – Foto: Itsumi Nakamura

Esses peixes gigantes somente caçam durante o dia, e a noite eles ficam em profundidades menores de cerca de 20m.

Qual o Tamanho do Peixe-lua?

O tamanho do peixe-lua é impressionante, pesando cerca de 900 quilos e medindo até 6 metros de comprimento quando adulto.

Ciclo de Vida e Forma de Reprodução do Peixe-lua

O peixe-lua coloca mais ovos do que qualquer outro tipo de animal. Um único Mola mola é capaz de colocar mais de 300 milhões de ovos de cada vez!

Isso é necessário, já que sua estratégia reprodutiva é bastante arriscada. Machos e fêmeas geram enormes quantidades de óvulos e espermatozóides na coluna de água e, basicamente, a fertilização acontece.

Eles não têm rituais de acasalamento específicos ou estações de acasalamento. Eles simplesmente aproveitam a proximidade de outros peixes-lua.

Após a fertilização, os ovos multiplicam seu tamanho rapidamente.

Quando as larvas do peixe-lua eclodem, elas têm apenas 2 mm de comprimento e permanecem num ambiente seguro à medida que se desenvolvem em alevinos, para proteção contra predadores.

larva do peixe-lua (Mola mola)

Eles crescem rapidamente, e uma vez que desenvolvem seu corpo, deixam esse ambiente seguro e enfrentam o oceano sozinhos.

Os peixes-lua (Mola mola) não são apenas o maior peixe ósseo, mas eles também crescem mais do que qualquer outro vertebrado. Eles crescem até 60 milhões de vezes o seu tamanho desde quando eclodem.

Uma taxa de crescimento típica para um peixe-lua é de 500g por dia, mas um exemplar mantido no aquário de Monterey Bay cresceu 373kg em apenas 15 meses!

A expectativa de vida do peixe-lua atualmente é desconhecida, particularmente o tempo que eles passam no estágio juvenil. As melhores estimativas atuais para o Mola mola são de aproximadamente 20 a 25 anos para atingir seu tamanho total.

Comportamento

O peixe-lua possui um comportamento dócil. Costuma-se ver esse animal pulando e batendo o corpo na superfície da água, e acredita-se que é para para se livrar de parasitas.

O peixe-lua nada em vários níveis mas passam a maior parte de suas vidas em camadas mais profundas e geladas dos oceanos. Quando eles chegam à superfície, eles passam o tempo nadando de lado e absorvendo os raios do sol para regular a temperatura corporal.

peixe-lua (Mola mola) nadando de lado na superfície do mar

Peixe-lua (Mola mola) nadando de lado para receber a luz solar – Foto: Richard Dolan

Esta dependência do sol para termorregulação ajuda os peixes-lua a caçar em águas profundas durante o dia, e à noite eles simplesmente descansam em águas superficiais aquecidas pelo sol.

Os ciclos de mergulho profundo e aquecimento na superfície ajudam a otimizar o tempo de absorção de energia depois das caçadas.

peixe-lua (Mola mola) com sua barbatana para fora da superfície, parecendo um tubarão

O Mola mola quando está próximo a superfície, tem um hábito de nadar com uma barbatana para fora da água, fazendo com que pessoas o confundam com tubarões.

Curiosidades Sobre o Peixe-lua

O peixe-lua possui muitas curiosidades. Vamos conhecer algumas delas:

  • O peixe-lua é capaz de transportar uma impressionante carga de parasitas. A comunidade científica conseguiu identificar cerca de 50 espécies diferentes, entre parasitas internos e externos.
  • O peixe-lua tem apenas 16 vértebras, o menor dentre todos os peixes. Os humanos, em comparação, têm 33.
  • Apesar de não ter cauda, o peixe-lua utiliza suas barbatanas dorsal e anal modificadas para uma propulsão potente e ágil.
  • Os Baiacus são alguns dos parentes mais próximos do Mola mola.

Confira esse vídeo onde o peixe-lua é auxiliado pela gaivota removendo os parasitas:

Conclusão

A profundeza do oceano é ainda uma fronteira com grandes segredos a serem descobertos.

O peixe-lua (Mola mola), ou Sunfish, realmente é um peixe incrível pelo seu tamanho e peculiaridades que pouca gente conhecia, mas que devido a estudos mais aprofundados, podemos conhecer melhor.

Curte o conteúdo da Aquaristz? Se inscreva no site para não perder nenhum post! Aproveite esse espaço para compartilhar e aprender mais sobre o aquarismo com a comunidade.

Aquaristz – Aquarismo de A a Z


Referências

2 Comentários
  1. Solange-Martins 5 meses ago

    Esse peixe é enorme… nunca tinha visto… o blog de vocês tem me ensinado muito sobre o mundo marinho… Explicacoes claras e matérias super interessantes…

Escreva seu comentário

©2019 Aquaristz

Fale com a gente

Tem alguma dúvida, sugestão, elogio ou reclamação? Envie-nos um e-mail e responderemos assim que possível.

Sending

Log in with your credentials

or    

Forgot your details?

Create Account