Você já ouviu falar de Sea-Monkeys? Conheça 16 curiosidades sobre eles!

Sea-Monkeys é uma marca comercial sob a qual foram vendidos Artêmia salina, ou seja, camarões de água salgada (camarões de salmoura) em kits de incubação por pet shops especializadas em aquários. Desenvolvido nos Estados Unidos em 1957 por Harold Von Braunhut, o produto foi fortemente divulgado, especialmente por revistas em quadrinhos e continua a ter uma presença na cultura popular. 16 de Maio é o dia nacional de Sea-Monkey nos Estados Unidos.

No Brasil, os Sea-Monkeys foram lançados no final dos anos 1970 sob o nome Kikos Marinhos“, e eram vendidos em bancas e lojas de brinquedos.

Conheça a história e algumas curiosidades sobre os Sea-Monkeys.

História

“Ant farms” ou Fazenda de Formigas, foram popularizadas em 1956 por Milton Levine. As crianças adoravam ver as formigas trabalharem e andarem nos túneis cavados por elas nessas fazendas de brinquedo. Baseado nesse interesse das crianças por esse tipo de brinquedo científico, Harold Von Braunhut inventou no ano seguinte os “camarões de salmoura” e colaborou com o biólogo marinho Dr. Anthony D’ Agostino para desenvolver a mistura adequada de nutrientes e produtos químicos em forma seca que poderiam ser adicionados à água da torneira para criar um habitat ideal para o camarão prosperar. Von Braunhut recebeu uma patente para esse processo em 4 de julho de 1972.

Eles foram inicialmente chamados de “Vida Instantânea” e vendidos por US$ 0,49, mas Von Braunhut mudou o nome para “Sea-Monkeys” em 1962. O novo nome foi baseado na suposta semelhança da cauda do animal para os de macacos, e ao fato de viverem na água salgada.

kikos marinhos nadando em um aquário

A Artêmia salina é comumente usado hoje como alimento para peixes de aquário de água doce e salgada, e não são tão vistos mais como bichos de estimação para crianças, pelo menos não no Brasil, pois lá fora os kits de Sea-Monkeys são vendidos até hoje!

Fiz um artigo sobre tipos de alimentos para peixes onde inclui a artêmia salina como uma das opções de alimento. Confira agora algumas curiosidades sobre os Sea-Monkeys.

16 Curiosidades sobre os Sea-Monkeys (Artêmia Salina / Kikos Marinhos)

1. Eles Foram Inspirados Por Uma Visita a Uma Loja De Pets

embalagem do brinquedo sea-monkeys com seus produtos que acompanham

Em 1957, Harold von Braunhut ficou fascinado com uma espécie de camarão de salmoura (Artemia salina), que viu ser vendido como alimento para animais de estimação em uma loja de animais. “Estes camarões vivem em lagos salgados, e quando a água de um lago de sal se evapora, o camarão entra neste estado de animação suspensa”, diz Patricia Hogan, curadora do Strong National Museum of Play. Enquanto neste estado (também conhecido como criptobiose) os animais estão em um invólucro protetor semelhante ao cisto, até que a água seja adicionada. Von Braunhut, com a ajuda do biólogo marinho e especialista em microcrustáceos Anthony D’Agostino, descobriu uma maneira de tratar a água da torneira com uma mistura de nutrientes (von Braunhut os chamou de “cristais mágicos”) e os misturou em um celeiro em sua propriedade, onde reviveria o camarão em um tanque em sua casa.

Von Braunhut, que detinha cerca de 200 patentes, disse em entrevista ao Baltimore Sun em 1997 de onde tirou a idéia para criar os Sea-Monkeys: ” Pensei, se você pudesse pegar um pacote de pó e colocá-lo em água e vê-lo ganhar vida, o que poderia ser mais notável do que isso? … Eu sempre estava interessado em vida selvagem, e eu estava procurando por algo que interessaria a outras pessoas nele “.

Patricia Hogan diz que von Braunhut também pode ter se inspirado em outro produto popular que atingiu o mercado no ano anterior à idéia do  Sea-Monkeys: “Isso também ocorreu no tempo do tio Milton e suas fazendas de formigas”, diz Hogan. “Havia esse tipo de idéia de que você poderia vender ciência para crianças ou vendê-las em formas de vida que iria entretê-las a partir das quais eles poderiam aprender sobre a natureza. Nunca vi nada que explicasse especificamente por que Harold Von Braunhut estava particularmente atormentado em vender camarão de água salgada para crianças, mas é uma boa maneira de ganhar dinheiro “.

2. Não Foram Inicialmente Comercializados Como Sea-Monkeys.

Quando ele começou a vender seu camarão na década de 1960, von Braunhut os comercializou sob o nome “Instant Life”. O kit era vendido por apenas $0,49 centavos. O kit incluía os ovos do camarão, pequenos pacotes de nutrientes e a comida que os camarões iriam comer. O aquário ficava por conta do cliente.

3. As Suas Caudas Inspiraram O Seu Nome.

Embora eles não tenham sido comercializados dessa forma, von Braunhut chamou-os de Sea-Monkeys (macacos-marinhos) em seus anúncios. De acordo com Hogan, ele os chamou de macacos marinhos porque eles têm uma cauda que parece uma cauda de macaco. A parte do mar é porque eles são um animal de água salgada (embora não do oceano).

Tim Walsh em seu livro, diz que se o brinquedo fosse relacionado a biologia marinha, esses fatos importariam, mas isso foi marketing! Em 1964, o produto perdeu o nome Instant Life e mudou para Sea-Monkeys.

4. Não Parecem Nada Com as Criaturas da Embalagem.

As criaturas humanóides nuas, com barriga com ornamentos na cabeça tipo coroa, não se assemelham ao camarão de salmoura real. Von Braunhut contratou o artista de quadrinhos Joe Orlando (que mais tarde se tornaria vice-presidente da DC Comics e editor associado da revista MAD) para desenhar as criaturas humanóides dos anos 50, que realmente se parecem com isto:

kikos marinhos nadando

“Os macacos do mar não eram tudo o que as crianças eram levadas a acreditar no marketing”, diz Hogan. “Eu acho que as crianças são muito inteligentes para fazer as coisas funcionarem ou encontrar maneiras de se divertir, mesmo com algo que pode decepcioná-las porque elas não são exatamente o que elas apareceram”.

Em 1999, a Educational Insights (a empresa proprietária da ExploraToy, que comercializa Sea-Monkeys) tentou renovar a aparência dos criadores. Gregory Bevington, na época, diretor de arte da ExploraToy, descreveu a antiga estética dos Sea-Monkeys para o Los Angeles Times como “pessoas nuas com caudas, pés e mãos, e três pontas saindo de suas cabeças. Eles têm uma barriguinha saliente, braços e pernas magras, longe de estarem em forma. Se realmente queremos que eles atraem as crianças de hoje, eles precisam se parecer com super-heróis ou figuras de ação. Segundo Times, os novos” Sea-Monkeys “tinham tronco e pernas enormes. Alguns com o peito escamoso. Em última análise, as mudanças não foram feitas.

5. Eles Foram Anunciados Primeiro em Revistas em Quadrinhos.

Em 1962, von Braunhut começou a comprar espaço publicitário em quadrinhos, escrevendo o anúncio em que ele prometeu uma “tigela cheia de felicidade”. Ele comprou 3,2 milhões de páginas em anúncios de quadrinhos por ano.

Braunhut colocou esses anúncios em todos os tipos de quadrinhos (em Archie, Homem-Aranha e Gasparzinho). Ele não foi para um tipo ou gênero de quadrinhos específico. Estes foram comercializados diretamente para crianças, ignorando a autoridade parental, mas também os cuidados dos pais. E essa estratégia foi bem sucedida. Tudo que as pessoas tinham que fazer era enviar o dinheiro para o endereço no anúncio, e seus Sea-Monkeys chegariam pelo correio.

6. É Uma Espécie Que Não Existe na Natureza.

Manter os verdadeiros Sea-Monkeys vivos era “uma luta terrível”, disse von Braunhut ao filho. Normalmente, apenas dois dos camarões viveriam por um mês (o inventor contornou seus curtos períodos de vida oferecendo uma “apólice de seguro de vida do sea-monkey”, o que é bom por dois anos após a compra).

Ele e D’Agostino começaram a criar camarões cruzados do gênero Artemia para criar uma espécie mais saudável, que eles chamaram de Artemia NYOS, em homenagem ao laboratório Montor, Long Island (New York Oceanic Society) onde foram criados.

“Nós queríamos que eles crescessem para ser grande o suficiente para se tornar interessante, mas também viver o tempo suficiente para ser um animal de estimação”, disse von Braunhut em Timeless Toys em 2002, apenas um ano antes de sua morte. Esses objetivos levaram anos para alcançar.

“Há algo no fórmula do pó [Harold] que faz algo para os ovos que a natureza não pode fazer”, disse George C. Atamian, vice-presidente da ExploraToy, que vende Sea-Monkeys, ao LA Times. Agora, a formulação da química, o vigor dos próprios Sea-Monkeys, é melhor do que nunca.

7. Eles Respiram Pelos seus Pés.

E essa não é a única coisa estranha sobre sua anatomia. Eles nascem com apenas um olho, mas crescem mais dois ao chegarem à maturidade.

8. Eles São Atraídos Para a Luz.

“Se você colocar uma lanterna para eles, Sea-Monkeys irão nadar em direção a ele”, diz Hogan. “É uma espécie de reação natural. E se você deslizar a ponta do dedo no vidro do tanque, eles geralmente gravitarão com isso “.

9. Vida Instantânea? Bem, Não Exatamente.

Qualquer criança que tivesse Sea-Monkeys saberia que deve adicionar um pacote de nutrientes para preparar a água da torneira, aguardando 24 horas e, em seguida, adicionar o pacote com ovos. Mas, de acordo com a patente de von Braunhut, também há ovos no pacote de nutrientes juntamente com um corante do segundo pacote de ovos, tornando as primeiras crias mais fáceis de ver.

Esta invenção prevê a criação de um habitat de vida aquática para a incubação de camarão de salmoura em água da torneira e divide os materiais necessários em dois grupos. O primeiro é um grupo de purificador de água e condicionador que compreende uma série de sais necessários para a criação do ambiente salino adequado, incluindo também um agente de secagem tal como cloreto de cálcio para manter o grupo em condições secas, um agente oxidante tal como tiossulfato de sódio e alguns ovos de camarão de salmoura. Este primeiro grupo é adicionado à água da torneira e permitido permanecer durante 24 a 36 horas à temperatura ambiente.

O segundo grupo é composto de sais adicionais para o ambiente salino, alimentos para os camarões de salmoura que nasceram, ovos adicionais de camarão de salmoura, um agente de secagem, como o sal Epsom seco e um corante solúvel em água. O segundo grupo é adicionado ao meio de água envelhecido, pelo que as cores do corante na água dão ao camarão de salmoura incubado do primeiro grupo uma visibilidade mais fácil, dando assim a impressão de vida instantânea.

10. Há Uma Tonelada de Acessórios Para Os Sea-Monkeys.

A empresa Sea-Monkey decidiu que os tanques incluídos (nomeadamente Sea-Monkey Ocean Zoo e Sea-Monkey Circus) ficariam disponíveis nas lojas no final dos anos 1960. Um pouco depois, havia uma série de outros acessórios de Sea-Monkeys, incluindo Sea-Monkey Speedway e Sea-Monkey Fox Hunt (acima), que estreou na década de 1970.
Mais recentemente, as crianças tiveram a possibilidade de levar seus Sea-Monkeys em qualquer lugar em um aquário de pulso especialmente projetado e com um Explora-Sub.
Resultado de imagem para sea monkeys watch
O Sea-Monkey Handbook que acompanha os animais nesse primeiro set, também oferece uma variedade de outros produtos para o prazer dos microcrustáceos, incluindo um alimento de banana (um longo fornecimento de sobremesa saborosa para seus animais aquáticos) vitaminas da “magia vermelha” (esta é a fórmula que contém CADA VITAMINA CONHECIDA NECESSÁRIOS, para seus Sea-Monkeys terem uma saúde robusta!), “Sea-Diamonds” (este monte de gemas do mar fazem os Sea-Monkeys felizes, dando-lhes brinquedos com os quais eles realmente jogarão!), e muito mais.

11. Não São Nocivos Ao Meio Ambiente.

Não se preocupe se você acabar perdendo um pouco de seus Sea-Monkeys no ralo, eles não se tornarão uma espécie invasiva de carpa asiática ou o peixe-leão. Na verdade, eles não podem sobreviver fora da água preparado para eles com a fórmula de von Braunhut.

12. Você Pode Facilmente Diferenciar o Macho e a Fêmea.

Os machos têm bigodes debaixo do queixo, e as fêmeas não. Muitas vezes, você pode ver homens grudados juntos, lutando pela atenção dos Sea-Monkeys femininos. Se dois Sea-Monkeys estiverem grudados e um deles não tem bigodes, você está testemunhando um momento de amor dos Sea-Monkeys que pode durar dias. (Sim. Dias.)

As fêmeas desenvolverão uma bolsa quando estiverem grávidas, mas não precisam se acasalar para se tornarem assim, pois podem fertilizar seus próprios ovos em um processo conhecido como partenogênese. Quando os ovos eclodem, os camarões são minúsculos (quase tão grandes quanto o “ponto final” no final desta frase) e podem crescer até 2 centímetros de comprimento.

13. Os Sea-Monkeys Já Foram Para o Espaço.

Em 29 de outubro de 1998, o Space Shuttle Discovery carregou uma carga muito especial no espaço: o astronauta John Glenn (que, aos 77 anos, estava participando de um estudo sobre os efeitos do espaço sobre os idosos) e 400 milhões de ovos de Sea-Monkeys. Os ovos passaram nove dias no espaço e, quando foram incubados oito semanas depois, as criaturas não mostraram efeitos negativos da jornada. Educational Insights comemorou a viagem com um aquário de edição especial construído de acordo com o design da NASA.

14. São Populares na Culura POP e Possuem Muitos Fans Famosos.

Os Pixies e Liz Phair colocaram-os em músicas. Brooke Shields é supostamente uma fã. Eles foram apresentados no South Park (veja a música acima), Spin City, Roseanne, Night Court, The Simpsons, 3rd Rock from the Sun, American Dad, It’s Garry Shandling’s Show, Desperate Housewives e muito mais. Nada mal para um Sea-Monkey!

15. Inspiraram um Jogo de Video Game.

Nesse jogo, há perigo em todos os lugares: peixe predador como enguias elétricas e polvo só a espera de que os Sea-Monkey’s sejam entregues a eles em um prato. O jogo estreou no início dos anos 2000. “Mas você pode influenciar os Sea-Monkeys para protegê-los do mal e orientá-los para um lugar seguro … você pode garantir a sobrevivência dos Sea-Monkeys usando um uso inteligente do mundo do mar”, analisa um jogador.

Mas o jogo teve reviews negativos. “Cada item é acompanhado por uma descrição que inclui piadas hilárias o suficiente para ter sido escrito pelo comediante Sinbad dos anos oitenta”, escreveu um crítico. “Quando The Amazing Virtual Sea-Monkeys afirma ser classificado como “para todos “, o que eles realmente significam é ‘A menos que você tenha menos de doze anos, você será impotente para imaginar um mundo no qual você possa desfrutar desse jogo’ ‘.

16. E Programas de TV.

The Amazing Live Sea-Monkeys foi exibido na CBS em 1992. A série (que estrelou Howie Mandel como professor que acidentalmente amplia três Sea-Monkeys para o tamanho humano), exibida nos EUA e na Austrália e durou apenas 11 episódios. Você pode assistir a um clipe acima.

Uma versão desta história foi lançada em 2014.

Conclusão

Os Sea-Monkeys (kikos marinhos) são muito mais que alimentos para peixes. De Video Game a série de TV, esses bichinhos marcaram e continuam marcando gerações, seja alimentando seus peixes, ou alegrando as crianças como seus bichinhos de estimação.

Minha vida no aquarismo eu devo muito aos Sea-Monkeys, pois foi através desse brinquedo que despertou o meu interesse nesse maravilhoso mundo do aquarismo. Os kikos marinhos realmente são criaturas curiosas.

Você gostou do nosso artigo? Deixe seu comentário, curta e compartilhe com seus amigos. Também faça parte do nosso fórum de discussões, tirando dúvidas e aprendendo muito mais sobre aquarismo e outros assuntos.

Aquaristz – Aquarismo de A a Z

0 Comentários

Envie uma Resposta

Fale com a gente

Tem alguma dúvida, sugestão, elogio ou reclamação? Envie-nos um e-mail e responderemos assim que possível.

Enviando

©2019 Aquaristz

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

Crie uma Conta