Simbiose: Uma Relação Importante entre Peixes e Anêmonas

Muitas pessoas sabem que a simbiose está relacionada a interdependência entre espécies, mas não entendem exatamente como isso acontece. Essa interdependência, por sinal, é muito importante para o equilíbrio do ecossistema em que se está presente. Afinal, os humanos plantam para que os bois possam comer, engordar para que eles possam comer os animais.

Se não tivessem plantas, os bois não engordariam, morreriam e, em situação ideal, o humano morreria. Mas isso é apenas um exemplo. A discussão aqui é outra.

Por que está procurando por simbiose? Você deve se lembrar que já ouviu o professor de biologia falar sobre isso, certo? Chegou a hora de dar aquela relembrada.

O que é simbiose?

Simbiose no dicionário significa “Interação entre duas espécies que vivem juntas”, como na foto acima. Nesse post, vou focar em duas espécies: os peixes e as anêmonas. Sendo mais específico, falaremos da relação do Peixe-Palhaço e do peixe Donzela com as anêmonas.

Mas ainda precisamos falar de outra relação que ocorre especificamente entre essas duas espécies: O mutualismo.

Mutualismo no dicionário significa “associação entre dois seres vivos, na qual ambos são beneficiados, resultado frequente em dependência mútua”. Então, dentro da relação dos peixes que fazem simbiose com as anêmonas está o mutualismo que explica melhor o que ocorre entre as duas espécies.

É melhor para os peixes ou para as anêmonas?

três peixes-palhaço fazendo simbiose com duas anêmonas

Se é uma troca de benefícios, existe um que se beneficia mais ou é igual para os dois? Vou explicar a situação de forma mais detalhada e você mesmo responde essa pergunta, ok?

As anêmonas possuem uma grande quantidade de tentáculos que tem potentes picadas. Já o Peixe-Palhaço possui um mecanismo de defesa que libera uma espessa camada de muco e essa o protege das picadas dos tentáculos.

Vantagem para o peixe.

Os peixes Borboletas se alimentam dos tentáculos das anêmonas, então, com o Peixe-Palhaço vivendo ali, ele protege os tentáculos dos peixes Borboletas.

Vantagem para a anêmona.

As anêmonas também se alimentam dos dejetos liberados pelo peixe que ali está, então…

Mais uma vantagem para a anêmona.

Já foi observado também que o Peixe-Palhaço atrai outros peixes para que os tentáculos da anêmona piquem o peixe, o deixe paralisado e possa comê-lo.

Outra vantagem para a anêmona.

Quando o Peixe-Palhaço vai se alimentar, porém o alimento é muito maior do que ele pode colocar na boca, a anêmona pega esse alimento e come.

Vantagem para a anêmona.

Então, o Peixe-Palhaço recebe um benefício muito importante que é continuar vivo, enquanto dá uma série de pequenos benefícios para a anêmona.

Só que a um porém: Se a anêmona achar que não está sendo alimentada o suficiente pelo peixe que ela está “protegendo”, se assim posso dizer, ela o come para saciar a sua fome.

Agora você já pode responder: Quem é o mais beneficiado na relação?

As anêmonas podem ser utilizadas em cativeiro?

dois peixes-palhaço fazendo simbiose em uma anêmona

O Peixe-Palhaço ficou muito conhecido por causa do filme “Procurando Nemo”, o que fez com que muitos aquaristas, sejam por hobby, sejam por profissão, começassem a procurar esse peixe para criação.

E é aí que a dúvida surge: Será que a anêmona realmente precisa estar presente para que o Peixe-Palhaço sobreviva?

Em cativeiro e principalmente em aquário, não. Não deixe se levar pela palavra do dono da loja. Se a principal função da anêmona para com o Peixe-Palhaço é garantir a sua sobrevivência, não tendo predador, não há necessidade da anêmona.

E outra: Será que as anêmonas podem ser utilizadas em cativeiro?

As anêmonas podem sobreviver por décadas no mar, mas quando são levadas para cativeiros e aquários não sobrevivem por mais de 1 ano se não forem cuidadas corretamente. O pior é que, quando mortas, elas liberam uma grande quantidade de toxinas que podem poluir toda a água e prejudicar a saúde dos habitantes do aquário.

Mas, se ainda assim quiser utilizar algum cnidário para ficar em contato com o seu Peixe-Palhaço, você pode utilizar a Xenia como um substituto a anêmona.

Agora que você já sabe o que significa simbiose, lembre-se: essa relação dos peixes que fazem simbiose com as anêmonas só é necessária em ecossistemas que possuem mais de 2 espécies (contando com esses dois).

Ficou com dúvida?

No Aquaristz, você irá encontrar muitas informações e dicas que irá lhe ajudar em sua jornada nesse mundo maravilhoso que é o aquarismo. Se tiver alguma dúvida, coloque em algum dos nossos fóruns de discussão .

Aquaristz – Aquarismo de A a Z

0 Comentários

Escreva seu comentário

©2019 Aquaristz

Fale com a gente

Tem alguma dúvida, sugestão, elogio ou reclamação? Envie-nos um e-mail e responderemos assim que possível.

Sending

Log in with your credentials

or    

Forgot your details?

Create Account